Matriz de priorização RAB (Rapidez, Autonomia, Benefício)

Tempo de leitura: 2 min

Escrito por Gaby Sabino

NÃO PERCA MAIS NENHUMA NOVIDADE!

Deixe seu e-mail para receber conteúdos exclusivos e com prioridade.

100% livre de spam.

Sempre que criamos uma lista de problemas a serem resolvidos, precisamos analisar esta lista e decidir quais ações serão executadas primeiro, ou seja, é necessário priorizar as ações. Várias análises podem ser feitas, desde as mais simples até as mais complexas. Neste post você irá conhecer uma ferramenta simples para priorização de ações, problemas e até projetos.

A Matriz RAB é baseada nos fatores Rapidez, Autonomia, Benefício, sendo uma matriz de priorização de projetos ou ações para soluções de problemas. Esta ferramenta é muito utilizada na tomada de decisões.
Antes de quebrar a cabeça com priorização de suas ações , projetos ou problemas, comece a utilizar a RAB. É simples, rápida, fácil de usar, funciona e o melhor de tudo, não custa nada!  Além disso, você terá uma ótima visão sobre por onde começar.
Mas, como funciona a RAB?
RAB é uma matriz simples, onde você precisa listar todas as ações e logo após iniciar uma avaliação baseada nos critérios abaixo:
Rapidez: 
Em quanto tempo podemos implantar a melhoria?
Em quanto tempo podemos implantar a solução?
Em quanto tempo podemos solucionar o problema?
Neste campo é necessário atribuir notas de acordo com o tempo. Você deve mudar estes “tempos” de acordo com seu problema e contexto.

Autonomia: 
Qual nosso grau de autonomia para implantar a solução?
Qual o grau de autonomia para implantar a melhoria?
Até onde podemos ir para resolver o problema?
Neste campo você precisa apontar se precisa de mais departamentos para executar a ação em questão ou se você, ou sua equipe, conseguem executar a ação. Você deve mudar o tipo de autonomia de acordo com seu problema e contexto.
Benefício: 
Qual benefício a melhoria trará?
Qual benefício trará se o problema for resolvido?
Qual benefícios a solução trará?
Com a planilha totalmente preenchida, você deve fazer ordenar as ações de acordo com as maiores notas individuais obtidas. Lembrando que, as primeiras ações a serem feitas devem ser as ações com as maiores notas. Verifique sempre a nota na coluna RAB e, para facilitar, criei uma coluna chamada “Nível de priorização” a qual indicará:                Alto = Nota acima de 8,5

Médio = Nota entre 5,1 a 8,4

                Baixo = Nota menor que 5
O resultado da priorização poderá surpreender você.  Depois de ter preenchido a lista com as notas de cada ação, poderá haver necessidade de inclusão de novas ações na ferramenta e que em poucos casos será preciso reavaliar as prioridades, mesmo que surjam novos participantes, os furos fundamentem a mudança a ordem revelada pela RAB.
A RAB pode ser utilizada em conjunto com a Matriz GUT (Gravidade, Urgência e Tendência) para ações mais complexas com critérios RAB muito parecidos. Aguarde os próximos posts e confira como as matrizes RAB e GUT podem ser grandes aliadas na priorização de problemas ou ações complexas.Download Matriz RAB Radar de Projetos

Baixe GRATUITAMENTE sua planilha de plano de ação para controlar suas atividades  

100% livre de spam.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

NÃO PERCA MAIS NENHUMA NOVIDADE!

Deixe seu e-mail para receber conteúdos exclusivos e com prioridade.

100% livre de spam.