Procurando templates prontos para aumentar a produtividade?

Quero saber mais!

Método de Seleção de Projetos: Taxa Interna de Retorno (TIR)

Tempo de leitura: 2 min

Escrito por Gaby Sabino

NÃO PERCA MAIS NENHUMA NOVIDADE!

Deixe seu e-mail para receber conteúdos exclusivos e com prioridade.

100% livre de spam.
Dando continuidade à série de posts sobre os métodos de seleção utilizados no gerenciamento de projetos, o post de hoje será sobre o modelo de econômico TIR.
 
 

A Taxa Interna de Retorno (TIR) ou Internal Rate of Return (IRR), é conhecida também como taxa de desconto do fluxo de caixa, é usada como método de análise de investimentos, para comparar dois ou mais projetos de investimentos, quando estes forem mutuamente excludentes. Nestes casos, o projeto que possuir o maior valor da TIR será o projeto economicamente mais atraente para organização.

 
A TIR “mede o retorno do projeto em termos percentuais, calculando a taxa de atualização que tornaria o valor líquido igual a zero”, ou seja, quando o valor presente líquido das entradas for igual ao investimento inicial, indicando a taxa de desconto que zera um fluxo de entradas e saídas de capital. 
 
O cálculo da TIR é o mais complexo de todas as técnicas de fluxo de caixa, pois é uma interpolação linear, sendo muito penoso para se calcular manualmente, onde é necessário o uso de calculadoras financeiras ou Excel. É importante que você saiba o conceito, pois nas provas da certificação PMP não é exigido cálculos.
 
Como a TIR é calculada?
A TIR pode ser calculada através da fórmula abaixo ou por planilhas eletrônicas.

 

Onde:

TIR = Taxa de desconto que zera a equação
II = Investimento inicial
FC = Fluxo de caixa referente a cada período (Receitas – Despesas)
n = número de períodos de tempo
 
É possível realizar este cálculo no Excel, utilizando a função TIR, a qual calcula a Taxa Interna de Retorno de um investimento baseada no investimento inicial e em uma sequência de fluxos de caixa positivos obtidos em intervalos regulares.
 
Exemplo:
Quero comprar uma franquia, tendo como escolha 3 empresas, com os respectivos investimentos iniciais, R$ 150.000, R$ 140.000 , R$ 170.00. Segundo os franqueadores, estes investimentos devem gerar receitas líquidas anuais conforme abaixo. Se eu utilizar a TIR como forma de seleção da melhor franquia, qual eu devo escolher?  Em outras palavras, qual é a taxa que traz todos os fluxos de caixa ao valor presente de forma que a soma destes valores seja zero?
 
 
Para seleção pela TIR, devemos sempre pensar em uma conta bancária, quanto maior a taxa de retorno, melhor! Desta forma, eu deveria escolher a franquia A. 
 
Faça o download do exemplo acima, clicando aqui.
 
Leia os posts relacionados a este artigo e conheça os métodos de priorização. No último post desta série, o Radar de Projetos apresentará uma ferramenta, na qual tratará todos os métodos de seleção de projetos.
 
Te vejo no próximo post!
 
Um forte abraço.
 
 
Referências:
http://www.cavalcanteassociados.com.br/article.php?id=236
Apostila do Curso Preparatório Robson Camargo
Livro PMP sem segredos do Henrique Moura

Baixe GRATUITAMENTE sua planilha de plano de ação para controlar suas atividades  

100% livre de spam.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

NÃO PERCA MAIS NENHUMA NOVIDADE!

Deixe seu e-mail para receber conteúdos exclusivos e com prioridade.

100% livre de spam.