O que é PMBOK? Quais os benefícios do guia PMBOK?

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por Gaby Sabino

NÃO PERCA MAIS NENHUMA NOVIDADE!

Deixe seu e-mail para receber conteúdos exclusivos e com prioridade.

100% livre de spam.

Você já ouviu falar em PMBOK? Se você atua na área de gestão de projetos ou pretende atuar é imprescindível que você saiba o que é PMBOK. Leia o post até o fim e descubra o que é, como utilizar o PMBOK e muito mais.

O que é PMBOK?

A sigla PMBOK© vem de Project Management Body of Knowledge é um guia de boas práticas que descreve o conjunto de conhecimento dentro da área de Gestão de Projetos. Esse guia é publicado pelo PMI (Project Management Institute), uma organização sem fins lucrativos, fundada nos Estados Unidos em 1969, cujo objetivo é fomentar a atividade de Gestão de Projetos no mundo.

O primeiro PMBOK foi lançado em 1996 e a partir dai vem sendo atualizado e revisado periodicamente a cada 4 anos. Estamos atualmente na última de 2017 (6ª edição) com um draft em andamento para o lançamento da 7ª edição.

O PMBOK é um guia utilizado no mundo inteiro, onde consolida as melhores práticas em gerência de projetos, definindo o trabalho que deve acontecer durante todo o ciclo de vida de um projeto. De acordo com o PMBOK, os projetos têm uma organização própria, onde todos passam por ciclo de vida com 5 grupos de processos, 10 áreas de conhecimento e 49 processos.

O que são grupos de processos?

Trata-se de um agrupamento lógico de processos de gerenciamento de projetos para atingir objetivos específicos do projeto. Os grupos de processos de gerenciamento de projetos são agrupados em cinco grupos :

  1. Iniciação: Autoriza o começo do projeto ou fase.
  2. Planejamento: define e refina os objetivos e planeja a ação necessária para alcançar os objetivos.
  3. Execução: integra pessoas e recursos para realizar o plano do projeto, isto é, fazer com que o projeto realmente aconteça;
  4. Monitoramento e controle: mede e monitora o progresso, com o objetivo de encontrar inconformidades com o plano de gerenciamento do projeto, para que sejam tomadas ações corretivas;
  5. Encerramento: formaliza a aceitação do produto, serviço ou resultado, conduzindo o projeto a uma fase final.

O que são áreas de conhecimento?

As áreas de conhecimento compõe práticas, entradas, saídas, ferramentas e técnicas para atingir os requisitos dos grupos de processo. Ou seja, os processos de gerenciamento de projetos são executados por meio de um ou mais processos organizados em dez áreas de conhecimento da gerência de projetos:

  • Gerenciamento de escopo;
  • Gerenciamento de tempo;
  • Gerenciamento de custos;
  • Gerenciamento de qualidade;
  • Gerenciamento de aquisições;
  • Gerenciamento de recursos humanos;
  • Gerenciamento de comunicação;
  • Gerenciamento de riscos;
  • Gerenciamento de partes interessadas (stakeholders);
  • Gerenciamento de integração.

Estas áreas de conhecimentos são interligadas através de entradas (inputs) e saídas (outputs). Seguindo esta lógica podemos descrever cada processo em termos de suas:

  • Entradas (inputs) – documentos ou itens que serão trabalhados pelo processo.
  • Ferramentas e técnicas – mecanismos aplicados aos inputs para criar os outputs.
  • Saídas (outputs) – documentos ou itens que serão o resultado final do processo.

Qual é o objetivo do PMBOK?

O objetivo do guia PMBOK© é fornecer uma visão geral de cada subconjunto do conjunto de conhecimento do gerenciamento de projetos e a interação dessas partes entre si. Esse guia utiliza vocabulário padronizado, comum a todos os profissionais da área e a todas as áreas de conhecimento, compondo-se como um elemento essencial a qualquer profissão.

Quais são os benefícios de utilizar o PMBOK?

Pode-se comprar vários benefícios em se utilizar o PMBOK para condução de projetos, dentre eles podemos citar:

  • Estabelecimento de ferramentas, técnicas e aspectos de entrada e saída para os processos de um projeto;
  • Aumento na produtividade por se utilizar uma metodologia padronizada e baseada em práticas de excelência;
  • Apoio à gestão de portfólio, fornecendo conhecimentos e informações necessárias para a gestão de seu ciclo de vida, inclusive programas e outros projetos;
  • Otimização dos recursos aplicados a projetos, evitando os que não agregam valor;
  • Uniformização e padronização das atividades em todos os setores envolvidos com o projeto;
  • Dentre outros.

PMBOK é uma metodologia?

Não. Trata-se de um guia de boas práticas onde você aplica e faz as adaptações de acordo com a complexidade de seu projeto.

É sempre bom ter ajuda de um PMO ao se iniciar um projeto. Caso não saiba o que é um PMO, acesso o post ” O que é um PMO?” e confira!

Essas são as principais características do PMBOK. Se você ficou com algum dúvida, deixe aqui nos comentários que vou adorar te responder!

Um forte abraço! Gaby Sabino

Fonte: PMI

Baixe GRATUITAMENTE sua planilha de plano de ação para controlar suas atividades  

100% livre de spam.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

NÃO PERCA MAIS NENHUMA NOVIDADE!

Deixe seu e-mail para receber conteúdos exclusivos e com prioridade.

100% livre de spam.