Conhecendo um pouco do Kanban

Tempo de leitura: 2 min

Escrito por Gaby Sabino

NÃO PERCA MAIS NENHUMA NOVIDADE!

Deixe seu e-mail para receber conteúdos exclusivos e com prioridade.

100% livre de spam.
Você já viu falar em Kanban ? Já viu em algum lugar post its em quadros? Seria o Kanban ou Canvas? Onde surgiu o Kanba? Para que é utilizado? Saiba mais no post de hoje.
 
 
O Kanban surgiu no final da segunda guerra mundial, onde o Japão estava devastado e precisava reequilibrar sua economia, melhorando a qualidade e a produtividade, além de reduzir os custos de seus produtos manufaturados. Os japoneses foram os primeiros a observar desvantagens e os custos gerados pelo sistema tradicional de produção.
 
Taiichi Ohno, considerado o principal responsável pela criação do Sistema Toyota de Produção.  A Toyota, com receio de que o novo sistema pudesse ser rapidamente copiado por empresas concorrentes, fez com que os japoneses decidissem mudar o nome anterior (TPS – Toyota Production System) para “sistema kanban de abastecimento”.
 
A palavra Kanban em japonês significa registro ou placa visível, cartão. Este nome surgiu devido à utilização da técnica de controle visual dos estoques de materiais, através de cartões para representar os contentores cheios ou vazios, estes cartões são retirados ou colocados em um quadro à medida que o material é utilizado ou reposto, processo que será detalhado mais adiante.
Tudo é feito apenas de forma visual, sem necessidade de formulários, ordens de compra ou ordens de produção. É preciso existir o equilíbrio entre os estoques dos processos fornecedores e os estoques dos processos consumidores. É proibida qualquer produção maior que o número de cartões kanban.
 
Da mesma forma, nenhuma pré-montagem ou fabricação de componentes poderá produzir um número maior de peças além daquela que seja suficiente para abastecer a quantidade máxima definida pelo controle visual, que, como já vimos, é representado pelo número de cartões, contentores ou espaços vazios.
 
O sistema kanban possui várias vantagens na sua implementação e uso, conforma a seguir:
  • Sistema autocontrolado e extremamente simples de ser implementado; 
  • Elimina a necessidade de controles por meio de documentos formais, ele contribui para a desburocratização;
  • Valoriza o colaborador, fazendo com que ele possa contribuir com sua experiência para o sucesso do sistema;
  • Processo controlado pela produção;
  • Limita e permite reduzir os estoques;
  • Reduz os custos de fabricação;
  • Possui baixo custo de implantação e manutenção;
  • Dentre outras.
Hoje em dia, há vários sistemas online que permitem fazer este tipo de controle. Inclusive o uso da ferramenta Canvas que utiliza post it para uma gestão visual de uma projeto ou demanda. O sistema kanban de abastecimento é apenas mais uma das ferramentas que compõem a filosofia do just in time.
 
Saiba mais acompanhando os próximos post!
 
Forte abraço!
Gaby Sabino
 
 
 
Fonte:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Taiichi_Ohno
https://citacoes.in/autores/taiichi-ohno/
https://www.pensador.com/autor/taiichi_ohno/
Prime Cursos – Sistema Kanban
 
 
 

Baixe GRATUITAMENTE sua planilha de plano de ação para controlar suas atividades  

100% livre de spam.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

NÃO PERCA MAIS NENHUMA NOVIDADE!

Deixe seu e-mail para receber conteúdos exclusivos e com prioridade.

100% livre de spam.